top of page
Blog_edited.jpg

Post

Artigos

A Dificuldade do Leigo em Acessar o Sistema SEI da Anvisa

O Sistema Eletrônico de Informações (SEI) da Anvisa pode apresentar várias dificuldades para usuários leigos. Aqui estão algumas das dificuldades comuns e algumas sugestões para mitigar esses problemas:


Dificuldades Comuns para Acessar o Sistema SEI da Anvisa:


1. Interface Complexa:

  • Descrição: A interface para acessar o Sistema SEI da Anvisa pode ser complexa e pouco intuitiva para quem não tem familiaridade com sistemas eletrônicos de processos.

  • Solução: Um guia passo a passo ou tutoriais em vídeo poderiam ajudar os usuários a entenderem melhor o sistema.


2. Navegação:

  • Descrição: A navegação entre diferentes módulos e funcionalidades pode ser confusa.

  • Solução: Implementar um menu mais simples e lógico, com uma barra de pesquisa eficiente, pode facilitar a navegação.


3. Terminologia Técnica:

  • Descrição: O uso de termos técnicos e jurídicos pode ser um obstáculo para usuários que não são familiarizados com a linguagem específica do setor.

  • Solução: Fornecer um glossário de termos técnicos e utilizar uma linguagem mais simples e acessível.


4. Suporte e Ajuda:

  • Descrição: A falta de suporte imediato ou canais de ajuda pode frustrar os usuários.

  • Solução: Implementar um chat de suporte ao vivo ou um sistema de tickets mais eficiente pode melhorar a experiência do usuário.


5. Acesso e Segurança:

  • Descrição: Problemas com login, senha e autenticação de dois fatores podem dificultar o acesso.

  • Solução: Simplificar o processo de login e fornecer orientações claras sobre recuperação de senha e autenticação.


6. Compatibilidade de Navegadores:

  • Descrição: O SEI pode ter problemas de compatibilidade com certos navegadores ou versões de navegadores.

  • Solução: Garantir que o sistema seja compatível com os navegadores mais populares e manter uma lista de navegadores recomendados atualizada.


7. Documentação e Capacitação:

  • Descrição: Falta de documentação acessível e de fácil entendimento para usuários novos.

  • Solução: Oferecer manuais de usuário bem detalhados e cursos de capacitação online gratuitos.


8. Dificuldade de acesso a íntegra do processo administrativo.


Descrição: Mesmo após conseguir acesso ao sistema, a parte interessada tem que requerer autorização para acessar o integra do processo, o que pode levar algum tempo e acarretar perda de prazo.



Solução para Acessar o Sistema SEI da Anvisa:


Permitir acesso imediato a integra do processo, sendo um entrave ter que requerer esse acesso.




Sugestões para Melhorar a Acessibilidade:

  • Ter nas capitais atendimento presencial. Atualmente nas sedes, não há nenhum tipo de atendimento ao interessado.

  • Criação de uma Central de Ajuda: Uma central de ajuda com FAQs, tutoriais em vídeo e artigos pode ser muito útil.

  • Treinamentos Regulares: Organizar treinamentos regulares e webinars para usuários novos.

  • Feedback dos Usuários: Implementar um sistema de feedback para que os usuários possam sugerir melhorias e relatar dificuldades.

  • Design Centrado no Usuário: Envolver usuários leigos no processo de design e testes para garantir que o sistema atenda às suas necessidades.

  • Documentação Visual: Utilizar diagramas, fluxogramas e imagens para explicar processos complexos.


Conclusão

Para melhorar a acessibilidade do SEI da Anvisa para leigos, é crucial simplificar a interface, fornecer suporte adequado e investir em capacitação e documentação de qualidade. Essas medidas podem fazer uma diferença significativa na experiência do usuário e na eficácia do uso do sistema.


Confira mais Artigos Clicando Aqui:




4 visualizações0 comentário

Comments


Artigos Importantes

Categorias

Sobre o Autor

Dr. Antonio Carlos Paz - OAB/RS 12163

Formado pela PUCRS em 1978;

  • Pós Graduado em Direito Processual Civil pela Escola Osvaldo Vergara de Pós Graduação em Direito, atual Escola Superior de Advocacia da OAB/RS;

  • Especialista em Direito Comercial pela PUCRS;

  • Advogado atuante na área de metrologia há mais de 20 anos;

  • Autor de inúmeras matérias publicadas em sites jurídicos e na mídia, sobre metrologia, direito do consumidor e bancário.

  • Advogado sênior em empresa de cobrança de grande porte durante 5 anos, com atuação em todos os fóruns do Brasil;

  • Foi procurador contratado do Banco do Brasil para ações revisionais, recuperação de créditos e busca e apreensão de bens;

  • Prestou serviços jurídicos ao Banrisul S/A, Unibanco S/A e Banco Safra S/A em recuperação de créditos e busca e apreensão de bens;

  • Foi procurador do Centro das Indústrias de Cachoeirinha,  SPC, e Associação Comercial de Cachoeirinha, como membro da diretoria, representando-a na Federasul de Porto Alegre;

Atualmente Dr. Antonio Carlos Paz mantém escritório com sede própria em Porto Alegre/RS.

Últimos Artigos
bottom of page