Pão francês vendido por unidade

Atualizado: Mai 21

Até 22/10/2006, era permitida a comercialização de pão francês ou de sal por unidade.

Essa permissão acabou no dia 23/10/2006, quando entrou em vigor a Portaria Inmetro nº 146/2006, proibindo a comercialização de pão francês ou de sal, em unidades, podendo apenas ser vendido por peso.

Muito embora essa portaria já vigore a mais de 12 anos, inúmeros estabelecimentos comerciais ainda vendem por unidade, e quando visitados pela fiscalização do Inmetro, recebem multas elevadas, que na maioria das vezes são impagáveis, dependendo do porte do estabelecimento.

Quando notificado da irregularidade, recebe um Auto de Infração com prazo de 10 dias corridos para apresentar defesa.

Quando o comerciante não se defende e deixa de pagar a multa, é negativado no Cadin, o valor é lançado em dívida ativa e se não for pago, é protestado, gerando uma ação de execução fiscal, com penhora de valores na conta bancária da empresa e na falta de saldo, na conta particular de cada sócio.

O valor das multas é um tanto aleatório, podendo oscilar entre R$ 800,00 até R$ 2.000,00. Se o comerciante for reincidente, esses valores dobram.

É sempre recomendável que apresente defesa elaborada por especialista, onde poderá ser apenas advertido ou conforme o caso, ter o valor da multa reduzido.

Uma defesa elaborada por leigo, não surte efeito algum, podendo na maioria das vezes, complicar a elaboração do recurso administrativo.

98 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

PROCON X POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Essa matéria é pertinente na medida em que nós advogados atuantes em matéria do consumidor, verificamos algumas situações que extrapolam o bom senso, na medida em que a legislação que regula as ativid

COMÉRCIO ELETRÔNICO – exigências do Inmetro

Uma portaria em vigor a mais de 8 anos, expedida pelo Inmetro, de nº 333/2012 estabelece que todo o ponto de venda, seja ele comércio virtual, catálogos, vitrine ou balcão de loja, que exponha produt

Orientações para não ser multado pelo Inmetro

Ao receber um Auto de Infração, o infrator tem 10 dias corridos para apresentar a defesa administrativa. Algumas irregularidades constatadas pelo fiscal podem ser penalizadas apenas com “advertência”,